sábado, 20 de julho de 2013

“BANDIDO”!



Cansei de ser o bom menino,
Com um coração de mel,
Com o sorriso da paz,
O amigo ou o irmão,
Não quero ser o homem perfeito,
Aquele que existe nas tuas vontades,
Cansei,
De ser todo coração.
Hoje eu quero ser o teu bandido,
Quero roubar a tua paz,
Incendiar a tua paixão,
Já calei as vozes do meu peito,
Hoje eu não quero as verdades,
Ganhei,
Eu e tu somos vulcão.
Hoje eu não quero falar nada,
As palavras não saberiam descrever,
Quero-te Mulher,
Os teus desejos e prazer,
Dá-me esse libido da paixão,
Rasgarei as tuas vaidades,
Os teus gritos não serão de sofrer,
É o teu corpo a queimar,
Onde eu sou a tua fogueira,
Esta noite não vou-te amar,
Mas serei todo teu,
Só na loucura,
Uma noite inteira!


Original de: Firmino César Gonçalves